segunda-feira, agosto 31

as coisas que eu gosto...


…Acordar sem despertador. Abrir a janela e sentir o sol. Cheiro a café pela manhã. Trabalhar ao som de música. Uma gargalhada vinda do nada. Fazer alguém feliz. Praia.
Cheiro a terra molhada. Noites de nevoeiro. Chuva na janela. Conhecer lugares. Sentir os amigos perto. Primavera. Olhares decididos. Ler e pensar: foi escrito para mim. Lareira numa noite de inverno.O gozo de ir. O prazer de estar. Sexo. Agua fresca num dia de calor. Correr. Sofá e tv no final do dia. Objetivos cumpridos. Sedução. Entrar no mar. Sabor a salgado. Um beijo vindo do nada. Surpresas. Um doce depois das refeições. Fotos que me levam ao passado. Cheiro a tintas. Uma boa massagem. Observar. Moveis escuros e chão claro. Andar de mão dada. Outono. Pessoas com características únicas. Sorrisos sinceros. Trocar ideias. Conversas longas. Inverno. Underwere. Cheiro de lençóis lavados. Andar descalça. Noites de lua cheia. Receber um presente sem motivo. Ter tempo. Pessoas sinceras. Sentir-me apaixonada. Ser mulher. Tomar banho de chuva. Filmes. Dormir de conchinha. Criança sorrindo. Óculos escuros. Verão. Escrever. Ouvir. Beijo e abraço de mãe. Cosseguinhas de irmão. Bolo de vó. Balanço no parque. Conhecer lugares e pessoas novas. Minha cachorrinha, a VIDA, e todos os cachorros do mundo. Trabalhar...

sexta-feira, agosto 28

...


Que amor que nada! Vou pegar minha Hattori Hanzo e sair por aí mutilando todo idiota que aparecer na minha frente.

...

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos.
A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença.

quarta-feira, agosto 26

das músicas


A SETA E O ALVO - MOSKA

Eu falo de amor à vida, Você de medo da morte.

Eu falo da força do acaso E você de azar ou sorte.

Eu ando num labirinto E você numa estrada em linha reta.

Te chamo pra festa, Mas você só quer atingir sua meta.
Sua meta é a seta no alvo, Mas o alvo, na certa, não te espera.

Eu olho pro infinito E você de óculos escuros.

Eu digo: "Te amo!" E você só acredita quando eu juro.

Eu lanço minha alma no espaço, Você pisa os pés na terra.

Eu experimento o futuro E você só lamenta não ser o que era.
E o que era?
Era a seta no alvo, Mas o alvo, na certa, não te espera.

Eu grito por liberdade, Você deixa a porta se fechar.

Eu quero saber a verdade E você se preocupa em não se machucar.

Eu corro todos os riscos, Você diz que não tem mais vontade.

Eu me ofereço inteiro E você se satisfaz com metade.

É a meta de uma seta no alvo, Mas o alvo, na certa não te espera!
Então me diz qual é a graça De já saber o fim da estrada, Quando se parte rumo ao nada?

Sempre a meta de uma seta no alvo, Mas o alvo, na certa, não te espera.

terça-feira, agosto 25

Pablo Neruda

"O pé da criança não sabe que é pé E quer ser borboleta ou maçã... Pois logo... os vidros e as pedras, as ruas, as escadas e os caminhos de terra dura, Vão ensinando ao pé que não pode voar, então foi derrotado, Caíu na batalha, Foi prisioneiro E condenado a viver no sapato".

segunda-feira, agosto 24

Pablo Neruda


"Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira".

domingo, agosto 23

Só AMOR não basta


“Amor...

Aos que não casaram,

Aos que vão casar,

Aos que acabaram de casar,

Aos que pensam em se separar,

Aos que acabaram de se separar,

Aos que pensam em voltar...

Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja.

O amor é único, como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus. A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue, a sedução tem que ser ininterrupta.

Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança acabamos por sepultar uma relação que poderia ser eterna.

Casaram.

Te amo pra lá, te amo pra cá.

Lindo, mas insustentável.

O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas. Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso.

É preciso que haja, antes de mais nada, respeito.

Agressões zero.

Disposição para ouvir argumentos alheios.

Alguma paciência... Amor, só, não basta.

Não pode haver competição.

Nem comparações.

Tem que ter jogo de cintura para acatar regras que não foram previamente combinadas. em que haver bom humor para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades.

Tem que saber levar. Amar, só, é pouco.

Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas pra pagar. Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um.

Tem que haver confiança.

Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou.

É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.

E que amar, "solamente", não basta.

Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia,tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado.

O amor é grande, mas não é dois.

É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.

O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm!

Um bom encontro aos que procuram!

E felicidades a todos nós!”

quarta-feira, agosto 19

das músicas


NAMORADINHA DE UM AMIGO MEU, Roberto Carlos

Estou amando loucamente
A namoradinha de um amigo meu
Sei que estou errado
Mas nem mesmo sei como isso aconteceu

Um dia sem querer olhei em seu olhar
E disfarcei até pra ninguém notar.
Não sei mais o que faço
Pra ninguém saber que estou gamado assim

Se os dois souberem
Nem mesmo sei o que eles vão pensar de mim
Eu sei que vou sofrer mas tenho que esquecer
O que é dos outros não se deve ter

Vou procurar alguém que não tenha ninguém
Pois comigo aconteceu
Gostar da namorada de um amigo meu.